Peixe Betta Doente? Como cuidar do seu Peixe Betta Doente

Peixe Betta Doente? Como cuidar do seu Peixe Betta Doente

Um Peixe Betta doente na maioria das vezes irá apresentar mudanças em seu movimento, cor ou alguma mancha ou machucado no corpo.

 

Seu Peixe Betta esta Doente? Fique calmo, vamos expor abaixo as doenças mais comuns que os peixes Betta contraem para que você consiga ajudar o seu Peixa Betta doente.

 

peixe betta doenteDoença do algodão – Saprolegna (fungo)

Causa: Pode se manifestar quando há uma queda brusca na temperatura da água ou quando a temperatura da água permanece muito baixa. Caso o peixe esteja com algum ferimento no corpo por causa de pedras pontiagudas ou brigas com outros peixes ele se torna uma presa fácil para o fungo.

Sintoma: Bolas e algodão na parte ferida, normalmente nos olhos boca e brânquias.

Tratamento: Anti-Fungo ou algum Fungicida

 

Ictio (doença dos pontos brancos)

Causa: A contaminação ocorre através de outros peixes contaminados, também pode ocorrer em alguma queda brusca da temperatura da água.

Sintoma: Diversos pontinhos brancos espalhados por todo o corpo do peixe, o peixe faz esforço para se mexer porem quase não consegue sair do lugar.

Tratamento: Eleve a temperatura da água do aquário para média de 30°C junto com algum Anti-Ictio

 

Doença do Veludo

Causa: Com a queda brusca de temperatura pode surgir o chamado “Ictio Veludo”, o parasita domina o corpo inteiro do peixe formando uma cobertura branca aveludada.

Sintomas: Camada cinza meio azulada envolvendo o corpo do peixe. A respiração fica ofegante e o peixe praticamente não come nada. Além disso o peixe fica desequilibrado e pode perder escamas.

Tratamento: Elevar a temperatura da água para 30°C e utilizar algum Anti-fungo ou Ondinicida

 

peixe-betta-doente-hydropsiaHidropsia

A Doença: A Hidropsia não é especificamente uma doença mas um conjunto de sintomas e sinais que surgem no decorrer de certas doenças. Ela ocorre quando há retenção de líquidos na cavidade abdominal, músculos e pele dos peixes, com consequências para todos os seus órgãos. Quando isto ocorre, o nível de proteínas do sangue diminui muito, o sangue se dilui, fica aquoso. Ocorre insuficiência dos rins e do coração do peixe. Ele não consegue eliminar água de seu organismo. Incha. As escamas, que estão presas a ele só por uma parte, se levantam, eriçam. Sobrevêm lesões nas guelras, intestinos, etc. “A degeneração do coração e dos rins é causada por toxinas que podem ser de origem fermentativa, tumoral ou parasitária”. Muita gente considera a hidropsia como uma doença, por isto vemos vários autores, cada um apontando uma causa. Mas ela não tem só uma causa, porque não é uma doença. É uma síndrome.

Causa: A causa mais comum apontada é uma bactéria, a Pseudomonas puntacta. É uma causa importante da hidropsia infecciosa. Mas também na tuberculose, na lepidortose, em algumas viroses e até em aquários com excesso de nitratos pode ocorrer a hidropsia.peixe-betta-doenca-hydropsia

Tratamento: Assim que percebido os sintomas em seu peixe betta doente o tratamento é essencial e urgente. Quanto mais cedo se iniciar, melhores as chances de o peixe reagir. À medida que o tempo passa, as condições do peixe pioram, suas defesas diminuem, seus órgãos caminham para o colapso, ficando o tratamento cada vez mais difícil. Durante o tratamento, o peixe o peixe betta doente deve ser colocado no aquário hospital, tanto para o tratamento em si como para proteção dos outros. A água deve ter os parâmetros adequados para a espécie, evitando-se porém águas muito ácidas para melhor ação dos antibióticos, no caso de usá-los. Eles em geral não funcionam bem em meio ácido. Deve ser oferecida alimentação variada, vitaminada e de preferência com alto teor de vitaminas A e D. A água deve ter boa aeração. Não pode ter filtração, ou pelo menos nenhuma filtração química. A hidropsia, principalmente as infecciosas, tem difícil cura, mas está provado não ser impossível. Como em qualquer doença, quanto antes se iniciar o tratamento, mais possível se faz a cura.

Contra a inchação do peixe, em si, para ajudá-lo a eliminar água, pode-se tentar o uso do sal grosso – sem iodo. Evitar seu uso em peixes tipo cascudos, limpa-vidros, etc. O uso de 1 colher, das de sopa, cheia de sal para 10 litros de água é recomendado por alguns criadores. Vamos nos referir ao tratamento da hidropsia por bactérias. O uso de antibióticos é importante porque, matando os germes, basicamente causadores da doença ou simples oportunistas (que se aproveitam das condições debilitadas do peixe), o doente terá melhores condições de se recuperar. Vários antibióticos são usados. Há aquaristas que relatam bons resultados com o uso de Aureomicina (clorotetraciclina) na dose de 250 mg para cada 20 L de água durante 3 dias, renovando-se a solução após este prazo, até o restabelecimento do peixe. A Terramicina (oxitetraciclina) também é usada na dose de 50 mg por litro de água em banhos de 24 a 72 horas, renovando-se a solução se estiver dando resultado. A Cloromicetina (cloranfenicol) também é usada na mesma dosagem e tempo que a Terramicina. Há autores que referem bons resultados mesmo com o uso de 5 a 10 mg por litro de água.

 

Banho de Salbanho-de-sal-peixe-betta

O banho de sal é algo que divide os criadores de Bettas, muitos criadores dizem que um banho de sal em seu peixe pode matar todas as bactérias que ele possa ter em seu corpo. O processo é bem simples mas perigoso pois neste processo o peixe é colocado em água salgada e se permanecer por muito tempo o peixe pode morrer.

Para dar o banho de sal no seu peixe encha um recipiente com água, esse recipiente precisa ser de boca bem aberta e de fácil captura do peixe após o processo pois o peixe será mergulhado na água com sal por apenas alguns segundos. Encha esse recipiente com água doce e coloque no mesmo recipiente o sal grosso, a quantidade depende do tamanho do recipiente mas não pode ser nem muito sal a ponto da água ficar branca nem pouco sal a ponto de não surtir efeito o tratamento.

Capture o seu peixe com uma redinha e mergulhe o peixa na solução de água com sal grosso. Mantenha o peixe nessa solução por volta de 30 a 40 segundos. Durante este tempo o peixe ira se debater sem parar, pois afinal esta em uma água extremamente salgada sendo um peixe de água doce. Após 30 segundos retire o peixe da solução e volte ele para a água doce. O peixe ficará por cerca de 10 minutos tentando se recuperar e após esse período ele irá melhorando aos poucos. Lembre-se, este processo não pode ser repetido continuamente, é aconselhável apenas um banho por dia sendo no máximo dois dias, ou seja dois banhos com espaço de um dia entre os banhos.

 

Usar medicamentos

Só precisa de remédio quem esta doente, por isso evite ao máximo utilizar remédios, só use caso seja realmente necessário.

Observação: Os tratamentos expostos aqui são de caráter informativo.

 

Veja Também:

Peixe Betta sente frio?

Reprodução do Peixe Betta

O Peixe Betta Dorme?

Comentários
email
4 (80%) 8 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Oração disse:

    Ola. Obrigado por compartilhar! Estou gostando :).

  2. iasmim disse:

    nenhum desses e o caso do meu beta

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.

Este site usa cookies e outras tecnologias similares para lembrar e entender como você usa nosso site, analisar seu uso de nossos produtos e serviços, ajudar com nossos esforços de marketing e fornecer conteúdo de terceiros. Leia mais em Política de Cookies e Privacidade.